Painel da Revenda

Mantenha-se informado com a DigiSat


Saiba um pouco mais sobre o Pix, pagamentos instantâneos em transações digitais no Brasil

Saiba um pouco mais sobre o Pix, pagamentos instantâneos em transações digitais no Brasil

05/11/2020 - Informe

São muitas vantagens para o seu negócio que o Pix trará. A Digisat também terá soluções para facilitar o seu dia a dia com o Pix. Mais adiante falaremos mais sobre este assunto.

Abaixo um resumo para que você entenda um pouco mais o que será o Pix, como funcionará, suas vantagens e benefícios segundo o Banco Central:

Quem oferecerá o Pix?

O Pix é um sistema instantâneo para transferências e pagamentos em tempo real, criado para melhorar a experiência dos clientes. Com ele, você aceita transações digitais 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

A previsão para o tempo de cada transação será no máximo de 10 segundos.

As transferências ocorrerão diretamente da conta do usuário pagador, para a conta do usuário recebedor, sem a necessidade de intermediários, o que propicia custos de transação menores, de forma rápida, sem esperar dias para que o pagamento “caia” na conta.

Além de poder transferir dinheiro para outras pessoas, será possível também fazer pagamentos a estabelecimentos usando o Pix.

O Pix estará disponível para a população brasileira a partir de novembro de 2020.

Confira abaixo os principais benefícios do Pix:

  • Mais prático e mais simples, pois é necessário somente um celular, dispensando maquininhas, cartões de crédito, cheque, cédulas e etc;

  • Não será mais necessário informações de agência, conta bancária e CNPJ/CPF, mas apenas um “apelido”;

  • Facilidade na conciliação bancária e automação;

  • Possibilidade de integrações com outros serviços disponíveis no celular;

  • O custo será reduzido, como resultado, tendo em vista que não é necessários intermediários.

Poderão ser efetuados pagamentos de qualquer tipo e valor no Pix, incluindo:

  • Transferências entre pessoas (P2P);

  • Entre pessoas e empresas, incluindo e-commerces (P2B);

  • Entre empresas (B2B);

  • Pagamentos envolvendo o governo (P2G e B2G);

  • Folha de pagamento e benefícios sociais (G2P), pagamento de convênios ou outros serviços feitos pelo governo.

Veja o infográfico abaixo, reproduzido do site do Banco Central, e entenda melhor:


O Banco Central regulamentou que as transações do Pix poderão ser feitas de diferentes formas:

  • Chaves ou apelidos para a identificação da conta transacional. Exemplos são número do telefone celular, CPF, CNPJ ou um endereço de e-mail. Podem ser escolhidas apenas uma ou múltiplas chaves;

  • Por meio da utilização de chaves ou apelidos para a identificação da conta transacional, como o número do telefone celular, o CPF, o CNPJ ou um endereço de e-mail;

  • Por meio de QR Code (estático ou dinâmico); ou por meio de tecnologias que permitam;

  • Troca de informações por aproximação, como a tecnologia near-field communication (NFC).

O Banco Central anunciou que todos os bancos, instituições financeiras e fintechs com mais de 500 mil contas ativas precisam se ajustar para oferecer o Pix. Essa opção de transação passará a ser obrigatória para organizações desse porte.

Para outras instituições que atendem aos requisitos deste sistema, mas não gerenciam essa quantidade de contas ativas, caso da maioria das fintechs, a integração é opcional.

O Pix ainda nem foi lançado e já é perceptível que veio para revolucionar totalmente a forma como lidamos com transações bancárias. Ao que tudo indica, o novo sistema de pagamentos instantâneos tem um grande potencial de prover menores custos, mais agilidade e mais satisfação por parte de todos, além de usar a tecnologia ao seu favor e inovando, o que promete melhorar, e muito, o sistema financeiro do nosso país. Fonte: https://www.bcb.gov.br/

Comentários


Nenhum comentário para esta publicação

Comentar


6 8

Ligue agora mesmo 0800 003 1600

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com nossa política de privacidade.

Oi, percebi que veio nos visitar. Deixa te explicar melhor nosso modelo de parceria?